Centro de Pesquisas

     Agricultura de Precisão

O Smart Campus possibilita que se crie capacidades técnicas para o desenvolvimento de rede de sensores onde não se encontram pontos de energia, pois os sensores são desenvolvidos para um baixo consumo energético. Ambientes rurais e insalubres, onde necessita-se o monitoramento ao longo do tempo são situações propícias para o uso de redes de baixa potência e grande alcance.

 

 


Trabalhos de Graduação

    Hidrômetros

        INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL APLICADA EM IOT

O desperdício de água é uma das maiores preocupações da população mundial, seja por sua escassez, uso indevido ou desperdício.

Segundo a Sabesp, pode existir uma perda de até 30% do volume de água entre as bombas do fornecedor e os hidrômetros dos consumidores.

 

Foi pensando nisso, que alunos do último ano de Engenharia Elétrica e Engenharia Eletrônica do Instituto Mauá de Tecnologia desenvolveram um novo modelo de hidrômetro visando um melhor controle, gerenciamento de distribuição de água e mitigação de vazamentos.

 

O projeto propõe o uso de tecnologias inovadoras como a nuvem, Inteligência Artificial, LoRa e IoT, reduzindo perdas de água e gastos com manutenção de tubulações. Análises das condições de vazão tornarão possível prevenir falhas e vazamentos que hoje são dificilmente detectados, gerando assim uma economia monetária e contribuindo com uma maior sustentabilidade.

 

Fonte: https://correiodaamazonia.com/jovens-desenvolvem-tecnologia-que-reduz-desperdicio-de-agua/

   Armas de Fogo

    SISTEMA MONITORAMENTO DE ARMAS DE FOGO ATRAVÉS DE DISPOSITIVO LORA

 

O número de roubo de armas de fogo no Brasil é algo que ocorre com muita frequência e não recebe a devida atenção. Hoje em dia existem apenas métodos antigos para a proteção dessas armas e que não estão sendo efetivos. Este trabalho busca desenvolver uma aplicação baseada no conceito de Internet das Coisas que gere alarmes no momento do roubo da arma, com o intuito de redução dos mesmos.

 

Os dados de movimentação da arma serão captados por um acelerômetro, que passarão por um microcontrolador e serão enviados para um servidor via rede LoRaWAN –  tecnologia de transmissão foi escolhida pelo baixo consumo de energia e pelo longo alcance.

 

Os dados do servidor são organizados e mostrados para o usuário final em um dashboard, com as informações de localização da arma e histórico de movimentação. Caso ocorra movimento indevido, são enviados alarmes ao usuário pela tela, e-mail e SMS.

 

Após testes realizados, o protótipo apresentou um bom funcionamento mostrando as variações como esperado.

 

Fonte: https://eureka.maua.br/

    Transformadores

    MONITORAMENTO NÃO INVASIVO DE TRANSFORMADORES COM COMUNICAÇÃO POR REDE LORA

O transformador de distribuição é um dos principais itens na distribuição da rede elétrica no Brasil, sendo a sua função a de rebaixar a tensão para ser entregue aos clientes finais das empresas distribuidoras de energia. Porém, ao analisar as empresas gerenciadoras de energia elétrica, foi revelado que não há nenhum método  automático sendo utilizado para monitorar os transformadores individualmente, ou alertar sobre eventuais falhas que possam deixar os usuários sem acesso à rede elétrica. Este trabalho tem como objetivo desenvolver um sistema de monitoramento de transformadores de distribuição, de maneira que seja possível detectar a ocorrência uma falha ou mal funcionamento.

 

Neste trabalho esse monitoramento irá ocorrer de maneira não invasiva (sem necessidade de interferir com o transformador ou a rede elétrica), com um módulo de rádio frequência da rede LoRaWAN, que permite a transmissão de dados por longas distâncias com um baixo consumo de energia.

 

O método utilizado se baseia na utilização de sensores de vibração e temperatura, acoplados mecanicamente ao transformador e gerenciados por um microcontrolador embarcado. Com os dados obtidos pelo sensor de vibração, o software do microcontrolador realiza uma Transformada Rápida de Fourier (FFT) para analisar, no domínio das frequências, as mais predominantes no sinal detectado e facilitar seu estudo. De maneira geral, o protótipo funcionou bem durante vários testes em transformadores de distribuição distintos.

 

Para a visualização dos dados foi criado um site (webpage) que mostra em tempo real as informações coletadas dos transformadores que estão sendo monitorados. O site conta com gráficos das magnitudes das frequências predominantes dos transformadores (60, 120 e 240 Hz), gráficos das temperaturas ambiente e dos transformadores, um histórico com as medições armazenadas no banco de dados, um mapa para localização ponto a ponto de cada dispositivo e uma tabela para visualização dos valores precisos de cada instante de tempo medido.

 

Fonte: https://www.researchgate.net/

 

Histórico de Aplicações 2017

 

TRABALHOS ACADÊMICOS EM ANDAMENTO EM 2018